Seja bem-vindo
,15/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Brazukando

Brazukando #01: Os brasileiros que brilham na Terra do Sol Nascente

Conheça os brazukas que se destacaram por clubes japoneses na última temporada

Fonte: Foto: Reprodução/Instagram @eujoaoschmidt
Brazukando #01: Os brasileiros que brilham na Terra do Sol Nascente Pelo Marinos, Anderson Lopes foi o artilheiro da última temporada na J1 League ao lado do japonês Yuya Osako

Não é de hoje que Brasil e Japão tem uma forte conexão promovida pelo futebol. Antes mesmo da criação da J-League e da profissionalização do futebol japonês, muitos brasileiros já brilhavam e deixavam a sua marca em terras nipônicas. Nos dias atuais, essa conexão segue viva e os brazukas continuam se notabilizando e conquistando o coração dos torcedores japoneses. Na coluna Brazukando, iremos analisar periodicamente a temporada de alguns dos nossos compatriotas que estão se destacando na terra do sol nascente. 

João Schmidt - Em 2023, o Kawasaki Frontale esteve longe de viver a sua melhor fase. Acostumado a estar na briga pelo título desde 2016, desta vez os golfinhos amargaram a oitava posição, ficando de fora até mesmo da disputa da AFC Champions League. Apesar da campanha mais discreta, o volante João Schmidt, de 30 anos, foi um dos que conseguiu se sobressair pela equipe de Kanagawa. 

O jogador, que está de volta ao futebol brasileiro e vai ser reforço do Santos, teve uma boa passagem pelo Kawasaki Frontale e fez sua terceira temporada pelos golfinhos. Teve um bom primeiro semestre na J1 League, sendo titular em praticamente todo o primeiro turno. Jogando como primeiro volante, o atleta se destacou pelo bom porte físico, fazendo proveito da sua força e altura (1,82 m) para ganhar boa parte dos duelos defensivos. Esses atributos o fizeram ter uma média de 13 recuperações de bola a cada 90 minutos na temporada 2023.  

Entretanto, o camisa 6 dos golfinhos não se notabiliza somente pelo combate, mas também pela capacidade de construção. Dono de uma perna esquerda afiada, o volante brasileiro tem o passe longo como principal característica e em 2023 conseguiu criar boas oportunidades com passes em profundidade ou lançamentos. 

Na segunda metade do ano, João perdeu o status de titular absoluto e passou a jogar mais vezes saindo do banco de reservas. Ainda assim, computou 44 jogos no ano, sendo 27 como titular, marcou um gol e deu duas assistências na temporada. Dessa forma, o jogador deve chegar à Vila Belmiro em boa forma. 

Diego Pituca - Outro futuro reforço do Santos que fez uma temporada interessante no Japão é o meia Diego Pituca. O jogador é um velho conhecido do peixe, onde disputou sua última temporada em 2020 na equipe que chegou até a final da Libertadores contra o Palmeiras. Desde então, transferiu-se para o Kashima Antlers e ficou por três temporadas, até retornar ao Brasil neste ano.

Pelo Kashima, Pituca fez ótimas temporadas e em 2023 não foi diferente. O camisa 21 manteve suas características de bom trato com a bola e muita dinâmica de jogo, se tornando um dos pilares da equipe comandada por Daiki Iwamasa. Atuando quase sempre como um segundo homem de meio-campo, disputou 37 partidas na temporada, sendo titular em todas elas, marcou três gols e deu uma assistência. O único destaque negativo foi o alto número de cartões recebidos (foram 12 amarelos e 2 vermelhos). 

Anderson Lopes - Outro destaque em 2023 é o atacante Anderson Lopes. O jogador, que vem fazendo carreira no futebol asiático desde 2016, teve um ano iluminado com a camisa do Yokohama F-Marinos. O atacante fez 22 gols na J1 e dividiu a artilharia da competição com o Yuya Osako, do campeão Vissel Kobe. Ainda marcou dois gols pela AFC Champions League e mais dois pela J-League Cup, na campanha que levou o Marinos até a semifinal da competição.

Foram 43 jogos, 26 gols e cinco assistências em 2023 (média de 0,72 participações em gol por jogo). Com bom senso de posicionamento e muita explosão, Anderson Lopes é um nome a se observar para esta temporada. 

Leandro Damião - Após cinco temporadas consecutivas no Kawasaki Frontale, o atacante Leandro Damião não viveu em 2023 a sua temporada mais artilheira em sua passagem pelo futebol japonês. O jogador teve uma temporada atrapalhada por lesões. Ele iniciou o ano se recuperando de uma operação no tornozelo, mas no meio da temporada sofreu uma entorse na tibiotársica e ficou fora dos gramados por quase um mês

Dessa forma, Damião jogou 22 vezes no ano, sendo titular em 14 oportunidades. Ainda assim, marcou cinco gols e deu uma assistência, encerrando sua passagem pelos golfinhos com título e status de ídolo do clube. Sua despedida, inclusive, foi justamente na final da Copa do Imperador, contra o Kashiwa Reysol, com o jogador sendo bastante reverenciado pela torcida. 

Leandro Damião deixou o clube com 79 gols e 29 assistências em 178 jogos. Além disso, foi uma vez eleito o melhor jogador do ano no Japão, MVP e artilheiro da J-League e conquistou sete títulos pelos golfinhos. Em 2024, o jogador está livre no mercado e especula-se que ele volte ao futebol brasileiro. Vamos aguardar!

Menções honrosas - Além dos nomes já citados, vale destacar outros brasileiros que também foram bem. É o caso de Élber, ex-Bahia e companheiro de equipe de Anderson Lopes, que computou 12 gols e 15 assistências em 2023; Matheus Sávio, ex-Flamengo e atual Kashiwa Reysol, que marcou oito gols e deu 14 assistências no ano; e Erik, ex-Botafogo e atual Machida Zelvia, que foi vice-artilheiro da J2, com 18 gols, em seu retorno ao futebol japonês após dois anos na China. 



COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.