Seja bem-vindo
,16/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

No Radar

No Radar #01: Conheça as joias japonesas!

Saiba quem são as principais promessas do futebol japonês

Fonte: Foto: AFC
No Radar #01: Conheça as joias japonesas!

Como qualquer equipe de futebol hoje em dia busca novos talentos, é cada vez mais importante formar os jogadores desde cedo na base dos clubes e nas categorias iniciais da seleção nacional. A base se tornou um bom lugar para testar e dar oportunidades para essas joias ainda não lapidadas. Por isso vamos apresentar alguns dos jogadores que se destacaram em suas categorias e clubes.



Rento Takaoka


Para começarmos, que tal o destaque do Japão sub-17, que com apenas 16 anos já se tornou artilheiro da seleção na Copa do Mundo sub-17, com a maioria dos jogos saindo do banco e decidindo para os samurais azuis?

Rento marcou 5 gols em 10 partidas pela seleção sub-17, quatro desses na Copa e apenas uma partida como titular na equipe comandada por Yoshiro Moriyama. O que mais chama atenção em Rento é sua pequena estatura para um centroavante. Com 1,65m de altura, o que lhe falta em jogo aéreo ele tem de sobra em velocidade e resistência. E com esses atributos, ele saiu do banco e marcou no final do jogo para o Japão, que ia empatando contra a Polônia. No último jogo da fase grupos, contra Senegal, o roteiro se repete: Rento sai do banco aos 55 minutos e marca dois gols a favor do Japão.




Ainda como a maioria dos jovens japoneses, Rento atua pelo Nissho Gakuen High School, mas já recebeu proposta de clubes da J-League e outros europeus. O esperado é que o jogador assine com um clube japonês antes de iniciar sua carreira na Europa.


Rento Takaoka Skills



Gaku Nawata

Sendo um ano mais velho que seu companheiro Rento Takaoka, porém atuando como um meia clássico, Gaku Nawata tem uma boa visão de jogo acompanhado de um ótimo passe. Pela seleção sub-17, soma 9 partidas e 6 gols marcados. Porém na Copa do Mundo sub-17 acabou sendo pouco utilizado no onze inicial. Ainda assim foi titular e autor do único gol japonês contra a seleção da Espanha. Seu maior destaque com a camisa dos samurais foi a final contra a Coreia do Sul, pela AFC Asian Cup sub-17, onde anotou dois gols e garantiu o terceiro título japonês na categoria e acabou sendo o artilheiro da competição com 5 gols. 



Atualmente, ele joga no Kamimura Gakuen High School, onde na última temporada atuou por 15 partidas, marcou 9 gols e deu 6 assistências – média de uma participação a gol por jogo. Nawata ainda pode atuar como um segundo atacante que pisa na entrada da área para pegar a defesa recuada. Com uma ótima finalização, o jogador japonês ainda fez alguns gols de falta, o que hoje em dia é visto como uma carência na seleção principal.


Gaku Nawada Skills





Niko Takahashi

Agora saindo de uma categoria e subindo para outra, temos Niko Takahashi, um lateral‐esquerdo habilidoso e velocista que chama atenção não só por jogar em umas das maiores equipes de base do mundo, o Barcelona sub-19, mas também por ter tripla cidadania. Além de japonês, ele tem nacionalidade argentina, por conta de seu pai Federico Cendagorta. O pai conta que o filho optou por defender o Japão por conta de sua mãe Kaori, na qual conheceu na Espanha quando teve que fugir da ditadura militar e mudar para Barcelona. Niko ainda poderia defender a seleção espanhola por ser natural de lá. 



O jogador de 18 anos, que começou jogando no Cornellà, se destacou cedo pela equipe espanhola e foi procurado por outros clubes como Girona e Espanyol. Mas o que mais o agradou foi o Barcelona, o qual o jogador sempre foi torcedor. Pelo Barcelona, o jogador está a cada ano subindo uma categoria e mostrando potencial para estrear pela equipe principal de Xavi.


Niko Takahashi Skills





Taichi Fukui

Sem antes mesmo de se firmar pela equipe principal do Sagan Tosu, Fukui foi comprado pelo Bayern no começo de 2023 para compor a equipe de base do clube. Com 15 jogos e apenas um gol pelo campeonato regional de base da Alemanha, Fukui se destacou por ser um meio campista central que está presente em todos os cantos do campo, tanto para ajudar no ataque quanto para defender, e por sua ótima visão de jogo, sempre buscando o melhor passe para desafogar o jogo. O jogador ainda compôs a equipe do Japão na Copa do Mundo sub-20 e jogou as três partidas, mas acabou não se classificando para as eliminatórias.



O que parecia difícil, por ser tão novo e já jogar em um dos maiores clubes do mundo, aconteceu! Fukui estreou profissionalmente em uma partida contra o Munster, da 3ª divisão, pela Copa da Alemanha, em uma goleada de 4x0. Entrando aos 63 minutos do segundo tempo, Fukui assumiu a função do capitão Kimmich e assegurou a vitória do Bayern. 


Taichi Fukui Skills


Finalizando hoje nosso primeiro "No Radar", mostramos alguns dos jovens jogadores que se destacaram nas categorias inicias do Japão. Iremos falar ainda muito mais sobre os jogadores que estão arrebentando na Europa e já são praticamente uma realidade no Velho Continente.

Até a próxima! 




COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.