Seja bem-vindo
,15/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Às vésperas do seu aniversário de 30 anos, J.League anuncia nova estrutura e mudanças no sistema de promoção e rebaixamento de seus campeonatos

Futebol japonês começará a sofrer mudanças em sua composição já na próxima temporada


Às vésperas do seu aniversário de 30 anos, J.League anuncia nova estrutura e mudanças no sistema de promoção e rebaixamento de seus campeonatos

A J-League realizou um evento para anunciar algumas mudanças na estrutura do futebol japonês, estas alterações já serão válidas para 2023, mas visam um resultado final para 2024. 

As mudanças convergem, principalmente, para equiparar o campeonato japonês com outros torneios nacionais ao redor do globo e, principalmente, acomodar o novo formato de disputa da AFC Champions League, que a partir da próxima edição será equiparada ao calendário europeu, iniciando a disputa em agosto e terminando em junho do ano seguinte. 


Nova estrutura

A primeira, e maior, mudança envolve o novo formato do campeonato nacional. A partir de 2024 serão 20 equipes disputando as três divisões principais do futebol japonês (atualmente são 18 na J1, 22 na J2 e 18 na J3). Para isso, já em 2023, apenas o lanterna da primeira divisão será rebaixado, enquanto os dois mais bem colocados da J2 terão vaga assegurada juntamente com o vencedor do playoff disputado entre os times que ficarem entre o 3° e o 6° lugar.

Na J2, para o ano que vem, o formato será mantido, com duas equipes rebaixadas para a J3, enquanto outras duas equipes sobem da terceira divisão. Para 2024, o formato muda; cairão 3 equipes e subirão da J3 os dois mais bem colocados e o vencedor do playoff disputado entre os times de 3° ao 6° lugar. O rebaixamento da J3 ainda não foi definido, a liga aguarda a JFL definir a estratégia usada na 4ª divisão para tomar uma decisão.


Mudanças na Levain Cup

Outro torneio que sofrerá mudanças é a Levain Cup. Em 2023 a competição será composta por 20 equipes (as 18 da J1 e os dois rebaixados deste ano, Shimizu S-Pulse e Jubilo Iwata), com uma primeira fase sendo realizada em grupos, sendo 5 grupos de 4 equipes cada. A fase de playoffs será abolida já em 2023, com os clubes que irão disputar a Liga dos Campeões da Ásia entrando já a partir da fase de grupos. O saldo qualificado (gol fora) foi retirado como critério de desempate. 

A partir de 2024, a competição será composta por todos os 60 clubes das três principais divisões (J1, J2 e J3 League), também sem fase de playoffs e sem o gol qualificado como critério de desempate na fase preliminar.

Todas essas mudanças visam desafogar o calendário dos clubes japoneses que irão disputar a Liga dos Campeões da Ásia 23/24.


Calendário para 2023

O futebol japonês também terá novas datas para as janelas de transferências. A janela de inverno ocorrerá entre 6 de janeiro e 31 de março, já a janela de verão terá início em 21 de julho e terminará em 18 de agosto. Os jogadores sem contrato (free agents) poderão ser registrados até 8 de setembro. 

Algumas outras datas também foram anunciadas, com a Supercopa do Japão, a competição que abre oficialmente a temporada do futebol japonês, ocorrendo no dia 11 de fevereiro, com o duelo entre o Yokohama F Marinos e o Ventforet Kofu no Estádio Nacional de Tóquio. A J1 terá início em 17/18 de fevereiro e término em 3 de dezembro de 2023, já a J2 ocorre entre 18 de fevereiro e 12 de novembro, com os playoffs de acesso ocorrendo em 25/26 de novembro e 2 de dezembro. A J3 começa em 4 de março e tem disputa finalizada em 2 de dezembro

Levain Cup tem sua largada em 8 de março, a fase de grupos termina em 18 de junho. a fase eliminatória começa em setembro, mas ainda não há data marcada para a final do torneio. A Copa do Imperador terá início em 20 de maio com os representantes mais baixos da pirâmide do futebol nipônico, as equipes da J1 e J2 entram na segunda fase, em 7 de junho. Também não há data marcada para a final da Copa do Imperador. 

Outra mudança anunciada é o fim da fonte universal de nomes e números. A J-League ainda vai manter uma fonte própria, mas não vai obrigar os clubes a utilizarem uma fonte padrão. Vale lembrar que, em 2023, a J-League comemora 30 anos de existência. Ainda não foi revelado se haverá um evento especial para comemorar o aniversário, mas o presidente da Liga, Yoshikazu Nonomura, sugeriu que os fãs podem esperar por alguma celebração.





COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.