Seja bem-vindo
,16/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

PAPO DE SAMURAI: Ídolo do Kashiwa Reysol, Cristiano fala de sua carreira e projeções para o seu futuro, agora em novo clube

Depois de quase sete anos no Kashiwa, o meia atacante trocou o time aurinegro pelo V-Varen Nagasaki e fala com o Japão FC sobre essa nova etapa em sua carreira

Fonte: Japão FC
PAPO DE SAMURAI: Ídolo do Kashiwa Reysol, Cristiano fala de sua carreira e projeções para o seu futuro, agora em novo clube Foto: reprodução

Apesar da liga japonesa ser um campeonato historicamente acolhedor de jogadores estrangeiros - sobretudo brasileiros - são poucos os que podem se orgulhar de ter tido uma carreira extensa na Terra do Sol Nascente, e o nosso entrevistado de hoje é um dos que estão nesse seleto grupo.

Cristiano da Silva nasceu em Campo Mourão, interior do Paraná, e tem uma curta passagem pelo futebol brasileiro, tendo feito quase toda a sua carreira no Japão. O meia atacante iniciou sua carreira profissional no Coritiba e também teve passagens por Chapecoense e Juventude, seu último clube no Brasil. 

Em 2012, quando ainda atuava no clube gaúcho, Cristiano foi vendido ao RB Salzburg, da Áustria. Apesar de curta, a passagem pelo time austríaco lhe rendeu dois títulos; o de campeão austríaco 2011/2012 e o da Copa da Áustria da mesma temporada. 

Em 2013 Cristiano chegava ao Tochigi SC, seu primeiro clube no Japão, que disputava na época a J2 League, a segunda divisão japonesa. O bom desempenho do brasileiro no time de Tochigi chamou a atenção do Ventforet Kofu, clube que atuava na primeira divisão japonesa à época. Com a camisa do Kofu, Cristiano atuou por uma temporada, marcando 19 gols e anotando 12 assistências em 41 partidas disputadas. Mais uma vez o bom desempenho serviu de trampolim para uma nova transferência, desta vez para o Kashiwa Reysol, onde o brasileiro faria história. 

O primeiro ano de Cristiano como jogador do time aurinegro foi em 2015, de lá pra cá foram 250 jogos disputados, 94 gols marcados e 73 assistências anotadas. O brasileiro se tornou o maior artilheiro da história do Kashiwa e o jogador estrangeiro com mais jogos disputados. A trajetória de Cristiano com a camisa do clube aurinegro teve fim no final da temporada passada, quando o brasileiro acertou com o V-Varen Nagasaki, clube que compete atualmente na segunda divisão japonesa. 


▪️ Confira a entrevista completa em nosso canal no Youtube 


PARTE 1 


PARTE 2




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.